Manual do proprietário

Manual do proprietário para vender seu imóvel

Nossa imobiliária e nossos corretores irão trabalhar muito para que a venda do seu imóvel seja concretizada no menor prazo possível e a um preço justo.

Apesar de todo nosso conhecimento, não podemos fazer tudo sozinhos. Sua colaboração será decisiva para que o resultado da venda chegue rapidamente a seu bolso.

Preparamos esse pequeno manual para ajudar você a nos ajudar, afinal, o que interessa é que o negócio seja concretizado.

Fique a vontade para discutir conosco os tópicos que preocuparem você.

Estamos juntos nessa!

  • O corretor é seu principal aliado, por isso, mantenha com ele uma relação de médico-paciente. Conte tudo.
  • Não existe imóvel perfeito, quanto mais cedo comentar isso com o corretor, melhor.
  • Entenda a diferença entre valor real e valor emocional. Valor real é o que o mercado está disposto a pagar. Valor emocional é aquilo que você acha que vale.
  • Se o imóvel tiver inquilino, converse honestamente com ele, explique que gostaria que ele ficasse com o imóvel, mas diante da impossibilidade, você espera que ele ajude na concretização do negócio.
  • Se você tiver um inquilino reticente, acompanhe o cliente e o corretor na visita ao imóvel.
  • Caso tenha animais de estimação no imóvel, cuide para que sejam contidos em local discreto. Ninguém é obrigado a saber que seu cachorrinho fofinho é mansinho e quer apenas brincar. 
  • Lembre-se que nem todo mundo gosta de cães e gatos, por essa razão, cuidado com os odores que podem inviabilizar o negócio. A primeira impressão é tudo.
  • Mantenha o imóvel limpo, cheiroso e arejado. Sempre.
  • Oriente o inquilino, caso tenha, para o fato de que o imóvel irá receber visitas com hora marcada e que não ajuda nada a pia cheia de louças sujas, camas desarrumadas, roupas estendidas no box do banheiro e pessoas estiradas no sofá.
  • Tenha uma conversa franca com o corretor sobre seu relacionamento com os vizinhos. Um vizinho pode ajudar ou estragar um negócio. Com a informação correta, seu corretor estará preparado para lidar com a situação.
  • Ao colocar o imóvel a venda, se pergunte se você compraria o mesmo nas condições atuais. Pequenos consertos e uma pintura agregam um valor que você não imagina.
  • Corretor não é mágico. Para que possa realizar seu trabalho ajude-o no que for preciso, por exemplo, sendo extremamente simpático com eventuais clientes.
  • Seja receptivo a todas as propostas, mesmo que não aceite. Demonstre respeito pelo comprador e reconheça o esforço do corretor.
  • Converse com seus familiares sobre esses tópicos.
  • Se esquecemos alguma coisa que você acha que possa ajudar na venda, por favor nos comunique.

Bons negócios para todos nós!!!